Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 8 março, 2017

Lute Contra Você Mesmo

Por Eguinaldo Hélio de Souza

Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado (1 Coríntios 9.27)

Em nossa caminhada para a glória, não há inimigo maior do que nós mesmos. Culpamos a tudo e a todos ao nosso redor, mas no fundo sabemos que deveríamos ter sido mais fortes, mais pacientes, mais determinados, mais persistentes, mais consagrados. Não resistimos até o sangue combatendo contra o pecado (Hebreus 12.4), não esmurramos nosso corpo para reduzi-lo à servidão (1 Coríntios 9.27). Nosso domínio próprio ainda é muito frágil e por isso estamos sempre fazendo o que não queremos e deixando de fazer o que desejamos.

Nossa primeira batalha na grande guerra da salvação começa em nosso interior. Não é Golias nosso maior problema, nem sequer nossos irmãos Eliabes que querem nos desanimar. É nosso próprio coração que, divido, enfraquece-nos para as demais batalhas. Vença isto.

Quando quiser gritar, cale-se e emudeça quando desejar ofender. Quando não quiser orar, ore e quando sem vontade de ler a Palavra, leia. Jejue, mesmo diante do desejo intenso de comer. Resista ao desejo de falar o que não deve.

Não espere a correnteza da vontade a seu favor. Nade contra ela quando necessário. Decida perdoar quando o rancor bater à porta. Escolha continuar quando quiser desistir. Envolva-se quando sua alma quiser se isolar. Aquiete o descontrole de seu mundo interior.

Confie quando a ansiedade bater. Louve quando sua vontade é chorar e murmurar. Levante, ande, faça e realize quando a preguiça quiser dominar. Diga não ao seu querer quando sabe que irá se arrepender.

Quando certas lutas chegam, chega também o desejo de fugir. Não fuja. Fique, contra todas as possibilidade. Sempre há momento em que nosso desejo é desistir. Não desista. Permaneça apesar da dor. Resistir é doloroso, mas o resultado é a alegria perene.

Lute. Lute contra você mesmo. Não somente nas coisas grandes, mas nas pequenas também. As grandes vitórias são precedidas pelas pequenas. Guerras não são vencidas, somente batalhas, que somadas levam ao triunfo final.

Somente sendo seu maior adversário você poderá ser mais que vencedor.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: